Dia 15 de março juntámos nos à greve internacional pelo clima, inseridos no movimento estudantil internacional #SchoolStrike4Climate e #FridaysForFuture. E dia 15, cerca de 20 mil estudantes portugueses saíram à rua, numa mensagem clara de descontentamento para com as classes políticas que varrem a crise climática para debaixo do tapete.

 

Mas a mudança que reivindicamos ainda não chegou. Se 20 mil jovens demonstram o seu descontentamento, e nada acontece, então é hora de voltarmos à ação.

 

E como o 15 de março não foi apenas um dia, continuamos a exigir ao governo que faça da resolução da crise climática a sua prioridade, cumprindo com seriedade o Acordo de Paris e as metas ambientais estabelecidas pela União Europeia.

 

Chega de comprometerem de forma egoísta o nosso futuro na Terra. É hora de nós, jovens e estudantes, lutarmos com garra.

 

Convidamos todos, estudantes ou não, a juntarem-se a nós nesta causa tão importante.

 

Agora que estás de pé, não te voltes a sentar. Faz greve das aulas dia 24 de maio, manifesta-te connosco e #FazPeloClima!

 

  • Facebook
  • Instagram

© 2023 por Nação Verde.

QUAL A NOSSA LUTA?

O QUE PRETENDEMOS COM A GREVE?

Já todos sabemos das causas e consequências da crise climática global. Já as ouvimos sistematicamente. Então, porque é que continuamos a não fazer nada? 

O esforço que os governos e as organizações internacionais estão a fazer para solucionar esta enorme crise, em que cada minuto conta, é mínimo. Protocolos, acordos e metas ambientais são deliberadamente desrespeitados e ignorados. Sabemos, no fundo, que se isto fosse uma crise económica tão urgente quanto é a crise ambiental, já todos os esforços teriam sido feitos.

Usurparam os recursos, florestas e ar limpo do nosso planeta. Deixam-nos este enorme fardo: a herança de um planeta já quase a morrer. Nós, jovens, estudantes, estamos longe do poder, não ocupamos cargos políticos, temos escasso poder económico. Mas temos garra, temos força de vontade e, acima de tudo, temos uma causa comum que nos une a todos: o travão ao aquecimento global.

Sozinhos somos pequenos, todos juntos temos muita mais força do que imaginamos!

Com esta greve, juntamente com milhares de jovens pelo mundo, protestamos a inação dos governos face às alterações climáticas, de forma a lutarmos e darmos destaque nacional e internacional a esta problemática.

A nossa principal exigência ao governo português é que faça da resolução da crise climática a sua prioridade, cumprindo com todo o zelo e respeito o Acordo de Paris e as metas estabelecidas pela União Europeia (2020, 2030, 2050).

Para tal é necessária uma mudança de paradigma, e a implementação de medidas como: a proibição da exploração dos combustíveis fósseis em Portugal; a meta para a neutralidade carbónica ser reduzida para 2030, e não 2050, como previsto pelo governo; expansão significativa das energias renováveis e, particularmente, da energia solar; a produção eléctrica ser 100% assegurada por energias renováveis até 2030; o encerramento das duas centrais eléctricas ainda movidas a carvão (central de Sines e central do Pego) e o melhoramento eficiente e drástico do sistema de transportes públicos, de maneira a que estes possam substituir o uso do transporte particular.

Greve da escola pelo clima - salva o mundo ao saíres das normas!

Conhece os projetos de jovens à volta do globo!

School Strike 4 Climate Austrália: https://www.schoolstrike4climate.com

School Strike 4 Climate Nova Zelândia: www.schoolstrike4climatenz.com

School Strike 4 Climate Alemanha: https://fridaysforfuture.de

School Strike 4 Climate Itália: https://www.fridaysforfuture.it

School Strike 4 Climate Bélgica: https://youth4climate.be/en

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now